TDAH e Arte | Texto pra CRIAR Assessoria Pedagógica

E se eu te dissesse que a obra de arte mais famosa do mundo, a Monalisa, pode ter sido pintada por um artista com TDAH? A mente agitada e criativa de Leonardo Da Vinci pode, segundo um artigo publicado na revista Brain, pelo pesquisador Marco Catani, ter sido sim afetada pelo transtorno. Isso explicaria suas diferentes áreas de interesse e o hábito de começar muitos projetos e deixá-los inacabados.⠀

Pablo Picasso, um dos artistas que mais produzia no mundo, passando por diversas técnicas e estilos, também tinha TDAH. Picasso desafiava-se constantemente e usava sua arte para expressar a inquietação de sua mente.⠀

O TDAH pode trazer muitas dificuldades de concentração, foco e disciplina, mas quando aliado ao fazer artístico, a criança com o transtorno pode encontrar um bom aliado para desenvolver essas e outras habilidades. ⠀

A produção de uma obra de arte requer foco e concentração, apresenta novos desafios e dá a oportunidade de novas associações para quem a faz. Assim, as aulas de Arte - e atividades artísticas no geral - podem ser grandes aliadas no desenvolvimento da criança com TDAH, proporcionando, além do que foi dito acima, a oportunidade de expressar-se, a capacidade de abstrair e o desafio de concluir seus projetos artísticos, aumentando a autoestima dessas crianças.⠀

Além das Artes Visuais, o Teatro, a Dança e a Música também podem contribuir bastante para desenvolver atenção e disciplina, assim como dar oportunidade da criança com hiperatividade expressar-se e movimentar-se, desenvolvendo também sua autonomia!⠀

Ufa! Só vi vantagens, hein? rs⠀

Assim, da próxima vez que sua criança quiser “bancar o artista”, que tal entrar na brincadeira junto?⠀

#criar#assessoriapedagógica#assessoriapedagogicaonline#rotina#educação#assessoria#pedagogia#saudemental#psicoterapiaonline#tdah#aprendizagem


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo